31 de out de 2011

Você é Igreja?

Boa tarde meus queridos! Hoje estou colocando mais um post para a meditação de vocês, porém este post não fui eu quem escreveu, foi um grande amigo e irmão chamado Tom Lorenzetti. Particularmente gostei da mensagem dele e acredito que vai ser de grande edificação pra vocês também. O Tom morou comigo um tempo no Seminário Vale da Benção e pudemos ter grandes momentos de comunhão naquele lugar.
Espero que vocês gostem...

...pois também eu te digo que tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.

Quero em primeiro lugar definir o conceito da palavra igreja no Novo Testamento, que tem em seu significado original a palavra ekklesia, que significa: assembléia, ajuntamento dos servos de Deus. Sendo assim encontramos a palavra igreja pela primeira vez no Novo Testamento em Matheus 16, 14-18, e neste momento o Senhor Jesus interroga seus discípulos dizendo: Quem dizem os homens ser o Filho do Homem? E eles disseram: Uns, João Batista; outros, Elias, e outros, Jeremias ou um dos profetas.
Disse-lhes então Jesus: E vós, quem dizeis que eu sou?   E Simão Pedro, respondendo, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo. E Jesus, respondendo, disse-lhe: Bem-aventurado és tu, Simão Barjonas, porque não foi carne e sangue quem te revelou, mas meu Pai, que está nos céus. Pois também eu te digo que tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.  
Aqui observamos que verdadeiramente a igreja primitiva foi edificada na doutrina dos apóstolos e que hoje em dia devemos ter esse mesmo conceito, e edificar nossas igrejas sobre essa doutrina apostólica primitiva e sobre o IDE como compromisso do verdadeiro cristão.
Hoje a verdadeira igreja do Senhor Jesus Cristo é a igreja invisível que não está nos templos construídos por mãos humanas, mas dentro de nós, mas infelizmente o povo não consegue enxergar essa igreja, mas somente a igreja visível, quer seja um prédio, uma casa, ou um templo de tijolos.
O ser igreja do Novo Testamento é estar alicerçado nos ensinamentos de Jesus e dos seus apóstolos, na palavra fiel e inerrante das Sagradas Escrituras.
Devemos entender que nós, como corpo de Cristo, somos a verdadeira igreja. Pois quando Saulo perseguiu a igreja na era primitiva, antes de se tornar o apóstolo Paulo, ele não perseguia uma entidade elaborada como instituição fundada igreja, mas perseguia os cristão que, movidos por um novo nascimento pregavam e anunciavam a Jesus.
No livro Cristianismo Pagão, A Origem das Práticas de Nossa Igreja Moderna por Frank A. Viola, observamos que o antigo judaísmo estava centrado em três elementos, a saber: O templo, o sacerdócio e o sacrifício, mas quando Jesus veio, Ele cancelou os três elementos cumprindo-os em Si mesmo. Ele é o Templo que incorpora uma casa nova e viva feita de pedras vivas — “sem mãos humanas”. Ele é o Sacerdote que estabeleceu um novo sacerdócio.  Ele é o Sacrifício perfeito e definitivo. A partir dessa verdade podemos definir que o ser igreja segundo o Novo Testamento, é estar em Cristo, viver para Cristo e ter nossa esperança somente em Cristo Jesus.

2 comentários: